21/8 - Linx, Marfrig, PagSeguro, Usiminas e CSN lideram em Valor aos Acionistas

Nessa quinzena encerrada em 21/8, as empresas PagSeguro, Usiminas, Linx, CSN e Gerdau foram os destaques positivos pela grande redução dos respectivos Gaps de Valor iQ (GViQ), ou seja, adicionaram mais VALOR aos seus ACIONISTAS. As empresas Linx, Marfrig, CSU, Usiminas e Klabin foram as que apresentaram maior crescimento do market cap. Baixe aqui a planilha com os cálculos do Índice/Gap de Valor, Market Cap potencial e Preço de Ação potencial para zeramento do Gap de Valor.

O gráfico jacaré evidencia os movimentos do GViQ que propiciaram adição ou diminuição de valor aos investidores no período de 7/8 a 21/8/2020. Quatro empresas (EZTec, Multiplan, Oi e Klabin) assumiram a posição de empresa-estrela essa quinzena, cujos logotipos estão ressaltados na imagem abaixo.


Gráfico Jacaré

Adição e Diminuição de Valor aos Acionistas (7/8 a 21/8/2020)

Em termos de redução ou aumento de GViQ, as companhias PagSeguro (+23,1pp), Usiminas (+18,7pp), Linx (+17,1pp), CSN (+15,8pp), Gerdau (+14,1pp), Marfrig (+12,4pp), Ultra (+9,6pp), Estapar (+8,8pp), Minerva (+7,7pp) e JBS (+7,6pp) foram os destaques positivos dessa quinzena, enquanto LOG ComProp (-16,8pp), São Carlos (-16,6pp), Direcional (-11,0pp), BrasilAgro (-10,5pp), Sabesp (-10,1pp), Tegma (-9,1pp), Hapvida (-8,8pp), Totvs (-8,5pp), Arezzo (-7,8pp) e Grupo Soma (-7,7pp) foram os destaques negativos do período.

Cinco empresas merecem destaque nessa semana pelo crescimento significativo do seu IViQ: Linx (+64,8%), Enauta (+35,6%), Vulcabras Azaleia (+32,7%), Marfrig (+25,0%) e Cia Hering (+23,2%). Em termos de crescimento do market cap os destaques positivos foram: Linx (+33,3%), Marfrig (+26,0%), CSU (+21,9%), Usiminas (+15,3%) e Klabin (+14,9%).

Heat Map de Valor e Gaps

Setores que Ganharam/Perderam do Ibov (-1,2%) e Valor a Capturar aos Acionistas (21/8)

O comportamento das companhias em termos de adição ou perda de valor aos investidores fica evidenciado nos indicadores IViQ e GViQ (que expurgam os movimentos gerais de alta e baixa nos preços das ações). Os segmentos que mais ganharam do Ibov (-1,2%) nessa semana foram Papel & Celulose (+13,9pp), Tecnologia (+6,6pp), Siderurgia & Mineração (+5,7pp), Agronegócio & Álcool (+4,8pp) e Real Estate - Econômio (+3,5pp), enquanto os que mais sofreram foram Água, Tratamento de Resíduos & Saneamento (-9,7pp), Concessões Viárias & Estacionamento (-5,5pp), Properties & Shoppings (-5,0pp), Energia (-3,9pp) e Seguros (-3,5pp). Merecem destaque:

1) Alimentação & Bebidas: a MDias Branco continuou na liderança desse segmento com o maior IViQ (13,69) em 21/8, apesar de forte queda de -12,3% em relação a 7/8, e com seu market cap recuando -4,7% (para R$12,6 bilhões), pior em -3,5pp em relação à variação do Ibov na quinzena (-1,2%). Todas as demais empresas desse segmento evoluíram em relação à MDias Branco no quesito adição de valor aos acionistas, e diminuíram os seus respectivos GViQs em relação à empresa-estrela, sendo que as mais beneficiadas foram Marfrig (+12,4pp), Minerva (+7,7pp) e JBS (+7,6pp). Atualmente, não estão no “bolso dos respectivos acionistas” do setor de Alimentação & Bebidas um montante de R$166 bilhões em potencial de valor de mercado, equivalente a 52% do total corrente das seis empresas integrantes. O conjunto dessas companhias ganhou +1,6pp em relação ao desempenho do Ibov (-1,2%) no período.

2) Água, Tratamento de Resíduos & Esgoto: a Ambipar prosseguiu como líder inconteste desse segmento com o maior IViQ (17,05) em 21/8, com um crescimento de +5,9% em relação a 7/8, enquanto seu market cap evoluiu +5,4% (para R$3,3 bilhões), superando em +6,6pp a variação semanal do Ibov (-1,2%). Todas as demais empresas desse segmento perderam em adição de valor aos acionistas relativamente à Ambipar, e aumentaram os respectivos GViQs em relação à empresa-estrela, sendo que as mais impactadas foram Sabesp (-10,1pp), Sanepar (-6,4pp) e Copasa (-4,7pp). Atualmente, não estão no “bolso dos acionistas” do setor de Água, Tratamento de Resíduos & Esgoto um montante de R$52 bilhões em potencial de valor de mercado, equivalente a 98% do total corrente das quatro empresas integrantes. O conjunto dessas companhias perdeu -9,7pp em relação ao desempenho do Ibov (-1,2%) no período.

3) Papel & Celulose: a Klabin assumiu a liderança (até então da Suzano) desse segmento com o maior IViQ (12,82) em 21/8, com um crescimento de +16,3% em relação a 7/8, enquanto seu market cap evoluiu +14,9% (para R$29,4 bilhões), superando em +16,1pp a variação semanal do Ibov (-1,2%). Todas as demais empresas desse segmento perderam em adição de valor aos acionistas relativamente à Klabin, e aumentaram os respectivos GViQs em relação à empresa-estrela, sendo que as mais impactadas foram Eucatex (-3,9pp), Suzano (-2,3pp) e Duratex (-1,9pp). Atualmente, não estão no “bolso dos acionistas” do setor de Papel & Celulose um montante de R$2,4 bilhões em potencial de valor de mercado, equivalente a 2% do total corrente das quatro empresas integrantes. O conjunto dessas companhias ganhou +13,9pp em relação ao desempenho do Ibov (-1,2%) no período.


O gráfico radar posiciona as 176 empresas (com a inclusão de Afya, Vasta, d1000 e Quero-Quero) agrupadas em 23 setores. As companhias-estrela, que possuem o maior Índice de Valor iQ (IViQ), encontram-se na linha de 100% do seu market cap potencial para 7/8. As demais companhias estão localizadas em suas respectivas percentagens potenciais de seus market caps. Nessa semana, Suzano e Afya assumiram a posição de empresa-estrela nos respectivos segmentos.


Gráfico Radar

Percentual do Market Cap Potencial e Valor aos Acionistas (21/8)

Planilhas, materiais educacionais e vídeos:


1) Baixe aqui a planilha completa com todos os cálculos e gráficos (radar, jacaré e heat map) de 21/8/2020 (176 empresas)

2) Baixe aqui o Sumário Executivo para Conselheiros de Administração de 21/8/2020 (176 empresas)

3) Baixe aqui a apresentação detalhando racional e a metodologia de cálculo do Índice/Gap de Valor (IViQ/GViQ) e do Índice de Reputação Corporativa (IRiQ, incluindo o novo NPS do Investidor)

4) Assista ao vídeo com a LIVE sobre racional e a metodologia de cálculo do Índice/Gap de Valor (IViQ/GViQ) e do Índice de Reputação Corporativa (IRiQ, incluindo o novo NPS do Investidor)

5) Assista ao vídeo com o analista e sócio da Geribá demonstrando como “zerar” o Gap de Valor e qual o racional do preço potencial da ação

Comentários, dúvidas, sugestões, inclusão de empresas? Escreva para a gente no e-mail ou WhatsApp na assinatura abaixo.

Até a próxima semana.

Rodolfo Zabisky

rodolfo.zabisky@mzgroup.com

+55 (11) 98591-9685

Ressalva: os indicadores e gaps aqui apresentados têm por finalidade prover informações ao mercado em geral e não representam recomendações para e/ou solicitações de compra e venda de qualquer valor mobiliário. Eles são baseados unicamente em informações públicas (sites CVM e B3, sites de RI das companhias e sites que disponibilizam estimativas de preço alvo de analistas) estando, portanto, sujeitos a mudanças.

269 visualizações

© 2020 MZ Insight - Valor, Reputação e Propósito

Todos os direitos reservados

  • LinkedIn
  • Facebook
  • Twitter