Duratex, Locaweb, Yduqs, Usiminas e JHSF lideram em Valor aos Acionistas (5/6)

Que semana ótima essa! O Ibov evoluiu 8,3% e as empresas Duratex, Locaweb, Yduqs, Usiminas e JHSF ficaram entre os TOP 10 destaques positivos pela grande redução dos respectivos Gaps de Valor iQ (GViQ), ou seja, adicionaram mais VALOR aos seus ACIONISTAS. A análise cresceu e contempla agora 162 empresas com sete estreantes: Lopes, Enauta, Ouro Fino, Marcopolo, Romi, Camil e Mahle-Metal Leve.


O dólar caiu 7% na semana e fechou abaixo de R$5, valor que não era atingido desde março/20. Centauro concluiu uma oferta de ações com demanda de 7x o montante ofertado. E a MZ retomou os trabalhos de IPO para nove empresas, com vistas a realizar a precificação em setembro-outubro/20. O "pace car" que entrou na frente das empresas que planejavam ofertas de ações em março aparentemente apagou a luz e está entrado no box.


O gráfico jacaré evidencia os movimentos do GViQ que propiciaram adição ou diminuição de valor aos investidores no período de 29/5 a 5/6.


Gráfico Jacaré

Adição e Redução de Valor aos Acionistas (29/5 a 5/6)


As companhias Duratex (+24,2 pp), Santos Brasil (+23,8 pp), Locaweb (+19,7 pp), Yduqs (+19,3 pp), Sanepar (+14,3 pp), Usiminas (+13,8 pp), Gerdau (+13,6 pp), Trisul (+13,2 pp), JHSF (+12,7 pp) e Even (+12,5 pp) foram os destaques positivos dessa semana, enquanto Braskem (-32,4 pp), Rumo (-23,4 pp), DASA (-19,1 pp), BrasilAgro (-18,1 pp), SLC Agrícola (-17,0 pp), Cosan (-16,8 pp), Ultra (-16,5 pp), Klabin (-14,1 pp), PagSeguro (-9,3 pp) e Helbor (-9,3 pp) foram os destaques negativos do período.


Heat Map de Valor e Gaps

Setores que Ganharam/Perderam do Ibov e Valor a Capturar aos Acionistas (5/6)


Os segmentos que mais ganharam do Ibov (+8,3%) foram aviação (+43 pp), educação (+22 pp) e real estate média-alta renda (+15 pp), enquanto os que mais sofreram foram água & saneamento (-9 pp), concessões & estacionamento (-7 pp) e varejo & consumo (-6 pp).


O comportamento das companhias em termos de adição ou perda de valor aos acionistas fica evidenciado nos indicadores IViQ e GViQ (que expurgam os movimentos gerais de alta e baixa no preços das ações). Alguns destaques desse período de 29/5 a 5/6 foram:


1) Varejo & Consumo: a B2W Digital manteve a posição de companhia-estrela, aquela com o maior IViQ (73,09) em 5/6. Entretanto, ela perdeu 15,8% em relação ao seu IViQ de 29/5 (86,81) e todas as demais empresas cresceram em relação a ela, ou seja, diminuíram os seus respectivos GViQs. Única exceção a esse comportamento foi a a Magalu, cujo GViQ piorou 0,3 pp. As companhias que mais reduziram os GViQs em relação à B2W foram Natura (11,8 pp) e Centauro (9,6 pp). Atualmente, não estão no "bolso dos respectivos acionistas" do setor de Varejo & Consumo um montante de R$406 bilhões em potencial de valor de mercado, equivalente a 102% do total corrente das 17 empresas integrantes. O conjunto dessas companhias perdeu 7,1 pp em relação ao desempenho do Ibov no período.


2) Papel & Celulose: a Duratex confirmou a tendência de crescimento do seu IViQ (46,5% para 8,82) e tornou-se a nova empresa-estrela, deslocando a Klabin. Em termos de GViQ, os gaps de Duratex para Klabin e Suzano aumentaram 14,1 pp e 8,0 pp, respectivamente. Klabin e Suzano também perderam bastante em relação ao Ibov. Atualmente, não estão no "bolso dos respectivos acionistas" do setor de Papel & Celulose um total de R$6,8 bilhões em potencial de valor de mercado, equivalente a 8% do total corrente das três empresas integrantes. O consolidado dessas companhias perdeu 6,1 pp em relação ao desempenho do Ibov na semana.

3) Educação: a Ânima seguiu na posição de empresa-estrela com o maior IViQ (13,54) em 5/6, um crescimento de 41,6% em apenas uma semana. Entretanto, os IViQs de Yduqs e Cogna evoluíram mais, respectivamente 56,2% e 83,3% em relação a 29/5. Essas duas empresas reduziram seus GViQs em relação à Ânima em 19,3 pp (Yduqs) e 4,2 pp (Gogna). Atualmente, não estão no "bolso dos respectivos acionistas" do setor de Educação um montante de R$10,3 bilhões em potencial de valor de mercado, equivalente a 34% do total corrente das quatro companhias integrantes. O conjunto dessas empresa ganhou 11,6 pp em relação ao desempenho do Ibov no período.


O gráfico radar posiciona as 162 empresas (incluindo as estreantes Lopes, Enauta, Ouro Fino, Marcopolo, Romi, Camil e Mahle-Metal Leve) em 23 setores comparativamente às companhias-estrela (aquelas de maior Índice de Valor iQ – IViQ – que se encontram na linha de 100% do market cap potencial). As companhias estão localizadas em suas respectivas percentagens potenciais de market cap.


Gráfico Radar

Percentual do Market Cap Potencial e Valor aos Acionistas (29/5)


Para conhecer mais sobre as atuais empresas-estrelas, vacas leiteiras e pagadoras de dividendos baixe a planilha de cálculo com todos os detalhes do Índice de Valor (IViQ) das 162 companhias agrupadas em 23 setores, assim como os respectivos Gaps de Valor (GViQ), market cap potencial e preço de ação potencial para zeramento do Gap de Valor.


Comentários, dúvidas, sugestões, inclusão de empresas? Escreva para a gente no e-mail ou WhatsApp na assinatura abaixo.

Até a próxima semana.

Rodolfo Zabisky

rodolfo.zabisky@mzgroup.com

+55 (11) 98591-9685

Ressalva: os indicadores e gaps aqui apresentados têm por finalidade prover informações ao mercado em geral e não representam recomendações para e/ou solicitações de compra e venda de qualquer valor mobiliário. Eles são baseados unicamente em informações públicas (sites CVM e B3, sites de RI das companhias e sites que disponibilizam estimativas de preço alvo de analistas) estando, portanto, sujeitos a mudanças.


568 visualizações

© 2020 MZ Insight - Valor, Reputação e Propósito

Todos os direitos reservados

  • LinkedIn
  • Facebook
  • Twitter